sexta-feira, 31 de maio de 2013

Terço - Intenção: pelas RVBS paróquias

  Mistério
Agonia de Jesus no Horto

Meditação:
Jesus sabia aquilo que lhe iria acontecer, sabia que ia ser traído, sabia que esteva prestes a chegar um grande sofrimento, contudo nem por um momento Jesus se deixa invadir pela dúvida, pela revolta ou pela insegurança. Jesus simplesmente confia, dizendo ”contudo não seja feito como eu quero, mas como tu queres” entregando-se totalmente a Deus.
Quando nós atravessamos momentos difíceis, facilmente caímos no desespero, na dúvida que nos leva ao cansaço deixando-nos mais vulneráveis às tentações, não seria mais simples seguir o exemplo de Jesus? Outras das coisas que Jesus faz, é retirar-se para rezar, que reflete mais uma vez como Ele confia no Pai e por isso procura-O, não para Lhe fazer pedidos, não para se revoltar, mas sim, para ficar mais perto dele e para escutá-Lo, pois sabe que Deus não o abandonará. Também nós, temos meios ao nosso alcance para nos socorrermos na oração em horas de aflição, contudo preferimos confiar mais nos nossos instintos do que no Senhor.

Oração:
Senhor ajuda-me ser como Tu, a confiar mais em Deus do que em mim, e nos momentos mais difíceis que eu procure ajuda e alento através da oração.



2º Mistério
Flagelação de Jesus

Meditação:
A flagelação de Jesus é algo que nos impressiona, pois ao ver aquela imagem de dor e sofrimento a que submetem Jesus parece que sentimos também a sua dor. É também chocante ver como os soldados se divertem e se sentem felizes com a tristeza, dor e o sofrimento de outra pessoa e ficamos a pensar: “Mas que coisa tão atroz, como foi possível algo tão desumano?”
Contudo, infelizmente também nós somos assim uns para os outros, pois flagelamos os outros através das nossas palavras e dos nosso actos. Nas nossas paróquias, quantas vezes somos nós os primeiros a flagelar alguém através das nossas palavras? Quantas vezes criticamos o outro em vez de o elogiar? Quantas vezes julgamos o outro em vez de ajudá-lo? Quantas vezes somos nós os primeiros a falar mal daquele que se senta ao meu lado na Eucaristia?
Quantas vezes flagelo a felicidade das crianças que vêm à eucaristia, em vez de incentivá-las a participar mais vezes? Se pensarmos bem, se calhar todos os dias condenamos os sentimentos dos outros à flagelação. Enquanto cristãos devíamos agir mais vezes como Maria e Maria Madalena em vez de agir tantas vezes como os soldados.

Oração:
Senhor hoje quero agradecer-Te por todas as pessoas que colocam os seus dons à disposição da paróquia, dando do seu tempo a Deus. Que eu procure ver nelas um exemplo para que também eu comece a ter um papel activo na minha paróquia.




3º Mistério
Coroação de espinhos

Meditação:
Eis o Nosso Rei, não foi coroado com um coroa de ouro, brilhante e reluzente, foi coroado com uma coroa que só lhe trouxe dor e sofrimento, uma coroa de espinhos. Que Rei se iria submeter a tal coisa? Só mesmo o nosso, um rei humilde que caminhava a pé descalço junto às viúvas e aos doentes. Um Rei que tinha compaixão por aqueles que sofriam, um Rei que ajudava todos os que mais precisavam.
Jesus foi um verdadeiro Rei, um verdadeiro herói, pois deu-nos os maiores ensinamentos, os maiores exemplos para que nós pudéssemos fazer o bem, para que nos pudéssemos ajudar todos sem excluir ninguém. Contudo, poucas pessoas o fazem, mas nós, como cristãos e membros de uma comunidade paroquial, tínhamos obrigação de fazer o bem sem olhar a quem.
Nas nossas comunidades há muita gente que precisa de ajuda. Se calhar eu até conheço alguém que passa fome, mas prefiro ignorar… Será que já pensei em fazer algo tão simples como dar um prato de sopa a essa pessoa em vez de apontar o dedo às razões que o levaram a estar naquela situação?
Também é possível conhecer alguém que esteja doente, fisicamente ou psicologicamente, será que já me ofereci para levar essa pessoa ao médico? Alguma vez pensei numa forma de poder ajudar essa pessoa a minimizar a sua dor ou o seu problema? Ou apenas o julgo?

Oração:
Meu Deus, peço-Te que nas nossas paróquias as pessoas se ajudem mais umas às outras, não apenas com palavras que muitas vezes caiem no esquecimento, mas sim com actos, com atitudes que mostram o que é ser um verdadeiro cristão que imita Cristo sem se envergonhar por isso.



  Mistério
Jesus carregando a cruz no caminho do Calvário

Meditação:
Não bastando toda a dor e sofrimento que já tinha causado, Jesus ainda foi obrigado a humilhar-se perante todos, carregando a cruz onde iria morrer injustamente.
Também nós na nossa vida e por vezes no seio das nossas paróquias, passamos por situações injustas, situações que nos causaram dor, situações que nos fazem muitas vezes querer desistir e nos fazem abalar toda a nossa fé, questionar tudo aquilo em que acreditamos ou que andamos ali a fazer.
Viver em comunidade, ser um membro activo de uma paróquia, não é fácil, pois por vezes, por mais que demos de nós e nos esforcemos, parece que não é suficiente, surgem sempre vozes contra o nosso trabalho ou a criticar o que foi feito, talvez porque não consigam fazer melhor ou porque só são felizes com a infelicidade dos outros.
Mas isto não nos deve fazer parar, deve-nos fazer lembrar Jesus que caiu 3 vezes durante o seu caminho, mas nunca parou, nunca procurou vingança, nunca pensou em desistir.
Também nós, nas nossas paróquias devemos ser assim, por mais que nos custe caminhar ou se torne dolorosa a caminhada devemos continuar a tentar, certamente iremos caiar, mas Jesus também caiu na totalidade e nunca desistiu.

Oração:
Jesus, ensina-me a caminhar como Tu, que mesmo perante a dor e adversidades caminhaste junto àqueles que Te fizeram mal e nunca lhes guardaste rancor e nunca desististe, obrigado por nos mostrares tal exemplo de força e dedicação.





  Mistério
Crucifixão e morte de Jesus

Meditação:
Jesus teve a pior morte que um ser humano pode desejar, foi espancado, mal tratado, sofreu, teve que carregar a Sua cruz, morreu pregado como um ladrão mas mesmo assim conseguiu morrer em paz, pois tinha a certeza que Deus estava de braços abertos pronto a recebé-Lo. A morte de Jesus foi a maior prova de amor de Jesus por nós, morreu para nos salvar, morreu porque nos amava mais do que a Ele próprio.
Na nossa vida agitada, esquecemo-nos muitas vezes como o amor é das coisas mais importantes da vida… quantas vezes damos provas do nosso amor aqueles que são importantes para mim?
Para dar prova do nosso amor, não é preciso morrer nem sofrer como Jesus, mas é preciso querer. Para dar prova do meu amor, basta uma palavra, um gesto, um carinho. Será que dizemos aos nossos pais, filhos, maridos o quanto os amamos? Na minha paróquia a minha relação com as outras pessoas demonstra amor? Ou demonstram rivalidade?
Aquilo que nos move deveria ser sempre o amor, pois assim tudo se torna mais fácil, trabalhamos todos com o mesmo propósito para o mesmo fim.

Oração:
Senhor, que eu seja Tua discípula no amor, pois a verdade sem amor mata, a caridade sem amor torna-se em pena, trabalhar sem amor torna-se mecânico, rezar sem amor torna-se algo frio e distante.
Que o amor seja o combustível que nos faz avançar para sermos pessoas melhores nas nossas relações dentro e fora das nossas paróquias.


Oração final:
Meu Deus, peço-te pelas nossas paróquias, peço-te que em todos os corações da nossa comunidade abunde paz, amor e fraternidade.
Pois fazer parte de uma paróquia é ser Teu discípulo, é seguir-Te e trabalhar em função de Ti, apenas com um propósito: Evangelizar a tua palavra através do Amor que se dá aos outros.
Que as nossas paróquias sejam rosto de Jesus vivo, de Jesus ressuscitado e não de um Jesus morto e triste. Peço-Te que infundas em nós o Teu perfume para que possamos dizer que: “já não sou eu que vivo, mas Cristo que vive em mim”.

quinta-feira, 30 de maio de 2013

Terço - Intenção: pelas famílias que perderam os filhos



Oração incial:
A intenção do terço que vamos rezar hoje é pedir a Deus que reconforte as famílias que perderam os filhos.
Fixemos Maria, mãe de Jesus, e meditemos no Seu sofrimento. Tenhamos presente a Sua força e coragem perante os acontecimentos. Que Deus anime esses familiares e lhes conceda a esperança e crença na ressurreição.



1º  Mistério
Baptismo de Jesus no Jordão

Meditação:
Jesus é baptizado no rio Jordão, junto de toda a multidão. É o início da Sua vida pública que terminará com a Sua morte na cruz. Também nós fomos batizados um dia, alguns de nós ainda crianças, outros como adultos. Pelo baptismo entrámos na comunidade cristã, com todas as responsabilidades inerentes a essa condição.

Oração:
Deus Pai faz com que a minha condição de batizado em Cristo, fala de mim um ser disponível, consciente, alegre e pronto a servir-Te.



2º Mistério
Jesus revela-se em Canãa

Meditação:
Em Canãa, durante uma boda, Maria , atenta ao que se passava reparou que o vinho não chegava para os convidados e alertou Jesus. Sem que houvesse grande aparato Jesus mandou que enchessem os potes de água e de imediato transformou a água em vinho. Foi o 1º milagre de Jesus. Deus pede-nos a nós também pequenos milagres, que transformemos um ambiente pesado numa ocasião alegre, que saibamos fazer sorrir quem está deprimido, que incutamos a paz quando se avizinha uma zanga e tantos outros.

Oração:
Senhor dá-nos uma vida de esperança, de fé e de misericórdia.


3º  Mistério
Jesus anuncia o Reino de Deus

Meditação:
Dizia Jesus que o Reino de Deus estava a chegar. Tal como nos preparamos para uma festa também Jesus nos dizia que para receber o Reino de Deus devíamos estar limpos de coração, devíamos aprender a perdoar e aceitar ser perdoados. Só vivendo uma vida de amor, paz e perdão estaremos preparados para conviver com Deus.

Oração:
Senhora de Fátima que pediste aos pastorinhos que rezassem muito, ajuda-nos com a interferência do Teu filho Jesus, a pedir perdão a Deus e aos irmãos e a levar uma vida sem mácula.


4º Mistério
Transfiguração de Jesus

Meditação:
A transfiguração de Jesus aconteceu no monte Tabor. Deus pai fez ouvir a Sua voz dizendo: “Este é o meu filho o meu eleito, escutai-O”.
O Espírito Santo estava com eles, naquela Luz tão intensa.
Ali estava a Trindade Santíssima: o Pai, o Filho e o Espirito Santo.

Oração:
Trindade Santíssima ajudai-nos e salvai-nos.


5º Mistério
Instituição da Eucaristia

Meditação:
Jesus cumpriu a Sua palavra. Morreu por nós. Mas ficou connosco no pão e no vinho que diariamente são consagrados. Para recebermos Cristo na nossa vida temos de preparar os nossos corações cultivando o amor e a paz.

Oração:
Conservai Senhor o nosso coração limpo, faz-nos pessoas integras e exemplares, retratos fiéis de bons cristãos.


Oração final
Lembra-te Bom Deus dos filhos das famílias por quem rezamos hoje. Dá-lhes paz de espírito, dá-lhes esperança, e dá-lhes sobretudo muita fé.

quarta-feira, 29 de maio de 2013

Terço - Intenção: pelas famílias numerosas




Oração inicial:
Hoje vamos rezar e dedicar o terço a Nossa Senhora pedindo-lhe que interceda pelas famílias numerosas.
Ter uma família numerosa é certamente um dom de Deus. Uma graça pelo dom da vida, pela experiência, pelas vivências, pela sabedoria que é preciso ter para incutir, os valores da paz, da união , da partilha, do perdão , da caridade , e tantos outros valores transmitidos por Deus.
Não é fácil. Há sacrifícios, há cedências, culpas e desculpas, lágrimas e choros, mas acima de tudo há o sentir de que o lema da vida tem que ser –Um por todos e todos por um.
Que Deus esteja sempre atento às suas  fraquezas para poder fortalecer .


  Mistério
Ressurreição de Jesus

Meditação:
O anjo disse às mulheres: Não temais. Procurais a Jesus o que foi crucificado ? Já aí não está, ressuscitou.
Foi com certeza grande a aflição daquelas mulheres que iam para estar um pouco junto do corpo de seu Jesus amado, mas o anjo avisou que Ele tinha subido aos céus para se juntar ao Pai.

Oração:
Jesus que morreste pela humanidade e ressuscitastes ao terceiro dia, encaminha os nossos passos pela estrada certa da vida, para que no dia da nossa despedida da terra, nos possamos encontrar contigo no paraíso.



2º Mistério
Ascensão de Jesus ao Céu

Meditação:
Jesus viveu entre os homens, mostrou quais são as atitudes corretas do cristão. Morreu após ter sido barbaramente crucificado. Depois de sepultado subiu aos céus. Mostrou que o caminho correcto nos levará para junto Dele também

Oração:
Creio em Deus Pai todo poderoso, criador do Céu e da terra e creio na ressurreição dos mortos e na vida eterna.


  Mistério
Vinda do Espírito Santo sobre os Apóstolos

Meditação:
De repente  veio do céu um estrondo como de um grande vento  que encheu toda a casa  onde eles estavam sentados… Ficaram cheios do Espírito Santo e começaram a falar várias línguas.

Oração:
Que o Espírito Santo habite também na nossa alma em graça.Que saibamos descobri-Lo em cada momento das nossas vidas nas nossas ocupações.


 Mistério
Assunção de Maria

Meditação:
Dizem os livros sagradas que Maria foi assunta em corpo e alma para os céus. E recebida com alegria pelos anjos.
É assim a justiça divina. Depois de ter concebido o Messias, de ter sofrido com a sua vida e morte, Deus chamou-A para o Seu lado.

Oração:
Senhora nossa mãe e mãe de jesus olha por nós na terra. Não nos deixeis levar por maus caminhos. A Tua mão é preciosa para nos conduzir.


  Mistério
Coroação de Maria no Céu

Meditação:
Maria foi elevada acima dos coros dos anjos. Uma coroa de doze estrelas lhe ornamenta a cabeça.
Coroa devida e merecida. Prémio de obediência de humildade, de resignação de amor perfeito.

Oração:
Nossa Senhora de Fátima, ajuda-nos a ser merecedores do amor e misericórdia de Deus, tal como Tu foste merecedora da coroa de glória nos céus.


Oração final
Bom Deus que entregastes o Teu filho. para salvação dos homens, dai-nos força para ultrapassar sem revolta os dissabores que a vida por vezes nos apresenta. Lembra-te Senhor das famílias numerosas por quem rezamos hoje, e tem para elas uma atenção redobrada.

terça-feira, 28 de maio de 2013

Terço - Intenção: pelos abandonados




1º. Mistério
Agonia de Jesus no Horto

Meditação:
Antes de se dirigir ao monte das Oliveiras, onde teve início aquela noite de agonia, em que sofre terrivelmente por nossos pecados, Jesus inspirou-nos grande confiança e esperança. Ele reza por nós dizendo: “ Pai se for possível afaste de mim este cálice, contudo que se faça a tua vontade e não a minha”. Devemos seguir o seu exemplo em todas as coisas que nos aconteçam, sejam elas boas ou más, que seja feita a vontade de Deus e não a nossa.

Oração:
Peçamos pelos abandonados, para que através da oração, encontrem a força necessária para percorrer o seu caminho na fé.


2º. Mistério
Flagelação de Jesus

Meditação:
Traído e abandonado Jesus sofre uma enorme humilhação, o seu corpo é torturado violentamente, todo este sacrifício é por amor, para nos redimir dos nossos pecados, um ato de uma enorme humildade.

Oração:
Por todos aqueles que estão abandonados, para que sejam pessoas ativas na procura da fé e com ela encontrem humildade como Jesus teve.


3º. Mistério
Coroação de espinhos

Meditação:
Contemplamos neste mistério a grande dor e angústia pela coroação de espinhos. Mesmo com tanto sofrimento Jesus continua a ensinar-nos com o seu exemplo de humildade, mostrando que nada teme e que tudo fará para nos salvar.

Oração: 
 Senhor Jesus, olha por todos nós, especialmente pelos que vivem sós e abandonados, fazei com que aprendamos com o teu exemplo, para que sejamos seguidores da tua fé.


4º. Mistério
Jesus carregando a cruz a caminho do Calvário

Meditação:
Jesus sem manifestar qualquer aborrecimento pelo terrível suplício e maus tratos, abraçou a sua cruz e seguiu o caminho do calvário.

Oração:  
Senhor, dá-nos a capacidade de aceitar com resignação as duras provas que nos afligem, pois só assim podemos ser dignos do teu amor.


5º. Mistério
Cruxificação e morte de Jesus


Meditação:
Chegado ao local da crucificação, Jesus cai de cansaço, e é brutalmente crucificado, onde morreu para nos salvar, derramando o seu sangue sobre todas as gerações, num batismo precioso que nos remiu perante o Pai eterno e encheu-nos de graças.

Oração:
Senhor, eu creio, espero, adoro e amo-vos, por nos teres salvado no suplício do pecado. Ajuda-nos a abraçar a nossa cruz e fazei de nós pessoas fieis à Palavra e devotas na oração.


Oração final:
Ajudai Senhor todos aqueles que não têm lar a carregar a sua cruz, a ter esperança na Tua vinda e a encontrarem a fé nos sinais do dia-a-dia.

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Terço - Intenção: pela paz


1º Mistério Anunciação a Maria

Meditação:
Maria foi escolhida como a eleita para carregar a semente do amor de Deus. Porém, a proposta foi feita em modos que provavelmente muito poucos de nós não aceitaria tal divino convite. 
A atitude de Maria face ao inesperado desafio inspira confiança em Deus, que tinha nas mãos o seu destino. Quantos de nós dizem que somos servos de Deus?

Oração:
Senhor, que nós sejamos servos da tua Palavra, e que possamos aceitar os teus desígnios sem questionar, porque tudo o que vem de Ti é perfeito.


2º Mistério
Visitação de Nossa Senhora à sua Prima Isabel

Meditação:
Isabel, prima de Maria, saiu da esterilidade e ficou grávida de uma forma espontânea e inexplicável pelos racionais, mas explicável à luz do nosso Deus que tudo pode. Ao avistar Maria, ela sentiu uma sensação de preenchimento divino, a graça do Espírito Santo, e foi bendizendo Maria e todo o seu fruto imaculado que o seu ventre carregava. Devemos abrir os nossos corações ao Espirito Santo nesta época de oração intensa, e deixar entrar em nós a sua graça, tal como Isabel deixou.

Oração:
Meu Deus, que a minha boca seja expressão das virtudes dos outros, e que se feche quando estiver à beira de cair na tentação de proclamar os defeitos dos outros.


Mistério Nascimento de Jesus

Meditação:
Nesta passagem, o Salvador da Humanidade nasce na sua plena humildade em Belém, ao lado de sua mãe Maria e de seu pai José, que se envolvem numa alegria e amor incondicional que só eles sabem o que sentem, com o nascimento deste seu fruto de Deus.

Oração:
Que nós louvemos o Senhor em toda a nossa vida, e que recordemos não só a morte do seu osso e carne, mas também nasceu nascimento em carne e osso.


Mistério Apresentação do Menino Jesus no Templo


Meditação:
Jesus é apresentado no templo de Deus. Simeão, que à semelhança de Isabel, estava cheio do Espírito Santo, manifestou a sua fé naquele pequeno tesouro. Aquelas palavras maravilhavam os pais de Jesus, e inspiravam confiança naquele Jesus que seria o ponto de viragem no caminho da Humanidade. 
Devemos ser pessoas exímias no louvor a Deus, porque Deus ama-nos acima de tudo. Por isso devemos retribuir-lhe amor a Ele e ao próximo.

Oração:
Senhor, que nós tenhamos mais confiança e fé em Ti, e que demonstremos devoção tanto em palavras como em actos.


Mistério Perda e encontro do Menino Jesus no Templo

Meditação:
Nesta passagem, Jesus demonstra-nos a sua devoção ao Pai, fugindo do mundo e detendo-se na casa do Senhor para orar. Que nos tenhamos o templo de Deus como local de eleição, destinado à oração, e onde podemos encontrar o perdão e o amor, porque é lá que podemos encontrá-Lo sempre.

Oração:
Meu Deus, que a minha oração seja mais regular e fervorosa, e que eu veja a Tua casa como símbolo do amor e união entre os homens.

Oração final:
Senhor, faz do mundo um lugar em que a paz reine, tal como o teu Reino, e faz com que os homens abram os seus corações à Tua Palavra, para que encontrem conforto infinito e para que vejam que a guerra não é solução para a felicidade do Homem.